São 20 anos levando a música corporal pelo mundo e sempre surpreendendo o público com sua sonoridade única, como uma orquestra corporal. O grupo musical paulistano Barbatuques é a quinta atração da programação do projeto “Encontro Mestre & Aprendiz” – Contraponto Harmônico, desenhado para possibilitar a aproximação de jovens aprendizes com nomes consagrados da música instrumental brasileira e internacional.

Permitindo um intenso aprofundamento da paisagem sonora, ao mesmo tempo em que promove e estimula a regionalização da produção artística com valorização das culturas locais, o grupo ministrará a partir da segunda-feira (25) uma série de oficinas e encontros na Tapera das Artes, em Aquiraz, dentro da programação de Residência Artística. Além disso, os músicos participarão na sexta-feira (29), às 19h, do ciclo de Diálogos Sinfonia, um polo de discussão mediada com grandes artistas da música instrumental nacional. O encontro entre o grupo e o público também será na Tapera das Artes.

A cantora conduzirá oficinas formativas a partir de terça (24), na Tapera das Artes, compartilhará conhecimento em debate na sexta (27), e realizará o concerto “Marlui Miranda e convidados” no sábado (28), no Teatro Tapera das Artes em Aquiraz.

Reconhecida como a mais importante intérprete e pesquisadora da música indígena do Brasil, a cantora, compositora, arranjadora e produtora Marlui Miranda é a terceira convidada do projeto “Encontro Mestre & Aprendiz” – Contraponto Harmônico, tendo como ponto alto o concerto no Teatro Tapera das Artes, na cidade de Aquiraz, Região Metropolitana de Fortaleza. Gerando diálogos criativos e musicais entre jovens estudantes de Música, Marlui Miranda ministrará a partir da terça-feira (24) uma série de oficinas e encontros na Tapera das Artes, em Aquiraz, dentro da programação de Residência Artística, que trará a Orquestra de Barro Uirapuru e Banda Cabaçal dos Palmares, de Redenção UNILAB (Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira), com participação dos jovens da Aldeia Indígena Jenipapo-Kanindé e do grupo Catavento. Além disso, numa parceria do projeto “Encontro Mestre & Aprendiz – Contraponto Harmônico” com a Plataforma Sinfonia do Amanhã, a musicista participará na sexta-feira (27), às 18h, do ciclo de Diálogos Sinfonia, um polo de discussão mediada com grandes artistas da música instrumental nacional. O encontro entre a pesquisadora e público será naTapera das Artes.

Alentejo, Ponte de Sor e Toscana, são as cidades de Portugal e Itália por onde Fernando França percorrerá com a exposição “Encantes Amazônicos”.

A Rede Internacional do Festival Sete Sois Sete Luas, escolheu o artista acreano erradicado no Ceará, Fernando França, para expor seu trabalho em três cidades na Europa com todos os custos pagos pela rede.

Fernando irá realizar uma residência artística para estudantes e uma exposição individual no Centrum Sete Sóis Sete Luas de Ponte de Sor (Alentejo, Portugal), de 30 de Abril a 7 de Maio de 2018. A abertura oficial da exposição é dia 05/05, permanecendo em cartaz para visitação até 26/05.

blog

Tapera das Artes

Centro Cultural e Teatro Escola Tapera das Artes
Endereço: Rua Antônio Gomes dos Santos,
S/N, Centro, Aquiraz - CE
CEP:
61700-000
Telefone:
+55 (85) 98921-0943
Email: presidencia@taperadasartes.org.br

Contato

Entrada Invalida.

Entrada Invalida

Please tell us how big is your company.

Entrada Inválida

Verificação Entrada Inválida